quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notas da Autora - Capítulo 17



         Oi pessoal! Sim, eu sei que esse capítulo era pra ter saído há pelo menos uma semana atrás. Tive muitas dúvidas na hora de escrevê-lo, queria que fosse um capítulo muito especial, afinal, é a primeira vez que a Ju aparece arrasando nos contests e, no fim, ele acabou ficando bastante simples, mas cumpriu seu propósito.

Capítulo 17




                As manhãs de Hoenn eram sempre belas, ou pelo menos, a maior parte delas, mas aquela não iria ser diferente. O céu aos poucos perdia a tonalidade azul escura que ia se mesclando aos poucos com o amarelo e laranja dos raios produzidos pelo sol. Wingulls faziam sua algazarra no posto em busca de comida para roubar de pescadores desavisados enquanto pequenas Magikarps saltavam de um lado para o outro tentando comer o que as gaivotas deixavam cair nas águas.
                O centro pokémon naquela manhã estava praticamente lotado, muitos coordenadores iniciantes vieram tentar a sorte naquele que era um dos primeiros concursos da temporada do continente, o primeiro do leste de Hoenn. Além disso, vários treinadores das redondezas, curiosos para ver mais sobre aqueles que seriam as novas promessas daquele ano ou simplesmente ansiosos por um espetáculo também garantiram sua presença ali.
                Juliana já havia acordado há algum tempo, perdera o sono nas primeiras horas do amanhecer e desde então permanecia deitada na cama olhando para o teto e repassando mentalmente tudo o que havia treinado com seus pokémons. Sua ideia inicial era começar com Nigel na fase de apresentações e seguir com a Whismur nas próximas, caso conseguissem pontos o suficiente. Tentava ficar tranquila, já haviam treinado aquilo várias e várias vezes, mas não conseguia evitar que o frio do nervosismo preenchesse seu estômago.

terça-feira, 2 de julho de 2019

Notas da Autora - Capítulo 16

        Oi gente! Como vão nessa linda tarde de julho? Espero que vem. Ontem, como muitos de vocês viram eu postei o o capítulo 16. Demorou um pouco ficar como eu queria, mas acho que obtive um resultado satisfatório. Meu maior problema por aqui foi definir o que aconteceria no capítulo, ele estava programado para ser o Concurso da Ju, mas acabaria que aconteceriam muitos eventos no mesmo capítulo, então ao invés de fazer um capítulo enorme e corrido, optei por fazer 2 razoavelmente grandes, porém narrados sem pressa. 

        Alerta de spoiler!
        Vocês devem ter percebido que o Brendan não apareceu nesse capítulo e sim, isso foi opcional para deixar o foco mais nas garotas, principalmente na Ju, já que esses últimos capítulos já foram voltados para a preparação dela para o contest.
         A Lunna voltou a aparecer nesse capítulo, alguns talvez não lembrem dela, mas ela deu as caras pela primeira vez no Capítulo 008 - Primeira derrota. Agora ela está diferente porque essa imagem foi desenhada por mim. Sim, desenhei um personagem autoral pela primeira vez e me senti muito feliz por ela ter ficado do jeito que eu queria. Espero que vocês tenham curtido ela também. 
        Por fim, o que acharam da captura da Ju? Eu amo Roselias e uma dessas já estava planejada para entrar no capítulo da nossa menina, apesar de que de um jeito diferente. Foi muito divertido escrever a cena dela e dos pokes, bem como a batalha da Whismur e do Nigel. No meio da semana atualizarei a página dos personagens e postarei o gijinka dela. 
       Muito obrigada a todo mundo que acompanhou a fic até aqui. Por favor, deixem comentários para eu saber o que vocês estão achando. 
        Abraços! Até a próxima!

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Capítulo 16



                O fim de tarde chegava em Rustoboro, aos poucos a quantidade de carros que transitava pela rua tinha seu último pico do dia, antes de, por fim, atingir a quietude das ruas vazias. O céu os poucos se tingia de pigmentos alaranjados a medida que o sol preparava-se para descansar por trás das montanhas. Tailows já aqueciam suas cordas vocais prontos para uma nova orquestra desorganizada que garantiria a conquista das fêmeas para a reprodução da espécie.
                Em terra, nos fundos do centro pokémon, May batalhava contra mais um dos treinadores que a desafiara após a batalha contra Roxanne. Parecia que a notícia da vitória da garota se espalhara como incêndio em campo de trigo entre os estudantes e, por conta disso, todos pareciam ansiosos por ter a oportunidade de batalhar aquela que vencera a líder da cidade. Apesar de Roxanne ser gentil, ela não dava moleza para as crianças, testando-as ao máximo para que se mostrem dignas de portar suas insígnias.